sábado, setembro 28, 2002

Preciso me encontrar

Deixe-me ir, preciso andar,
vou por aí a procurar,
rir para não chorar.
Quero assistir ao sol nascer,
ver as àguas dos rios correr,
ouvir os pássaros cantar,
Eu quero nascer, quero viver,
Deixe-me ir, preciso andar,
vou por aí a procurar,
rir para não chorar,
Se alguém por mim perguntar,
diga que eu só vou voltar,
Após que eu me encontrar.
Quero assistir ao sol nascer,
ver as àguas dos rios correr,
ouvir os pássaros cantar,
Eu quero nascer, quero viver
Deixe-me ir

Cartola

sexta-feira, setembro 27, 2002

Vai chegando a hora de ir embora para sempre e vai dando aquela coisinha né: "Última vez que eu pego café na máquina" ou "Última vez que eu uso a impressora" ou "Última vez que eu queimo CD" ou ainda "Última vez que eu vejo um cocôzinho boiando na privada".
Lembranças, tudo são lembranças.
Isso é que é chifrinho!

quinta-feira, setembro 26, 2002

Momento retaliação:


codebase="http://download.macromedia.com/pub/shockwave/cabs/flash/swflash.cab#version=5,0,0,0"
WIDTH=430 HEIGHT=300>



PS: Contribuiu para o momento retaliação, Carina, a super expert em artes extraordinárias.

Which era in time are you?

Ontem assisti "A última ceia", o filme que rendeu o Oscar a Halle Barry. Queria ver esse filme há quase um ano, o que é ruim, pois eu já tinha grandes expectativas. E todos sabem que suprir grandes expectativas é quase impossível. Não achei uma bosta, mas... Fiquei com cara de bolinha. Porque com certeza podia ser mais foda. Podia ser muito melhor, a história toda estava lá, esperando para ser melhor. Tragédias demais, exagero. Ela, Halle Barry, lindíssima, cumpre bem o papel, mas ganhar o Oscar? Hum, não sei. Talvez pela cena em que ela está bêbada, que é muito legal. Mas pelo drama, pelo choro, sei lá. Regina Duarte faz isso o tempo todo e não passa de uma chata.
Só sei que hoje vou ver "Amélie Poulain" para deixar de ser azeda. Ou não.

quarta-feira, setembro 25, 2002

Eu odeio o Lavieri e esse é meu mantra agora. Mas preciso admitir que ele foi genial.
Quero deixar bem claro aqui que eu odeio o Lavieri mais do que tudo nesse mundo.
Argh.
FAz três dias que não durmo direito de ansiedade. Ruim e boa a sensação. Mas... argh.
Estou de cara.
O CD de "Cidade de Deus" é um dos melhores de todos os tempos. Opinião totalmente pessoal, claro. Tem tudo que eu gosto. Me surpreendeu, porque eu achei que ia ter bastante rap.
Não consigo parar de ouvir.

segunda-feira, setembro 23, 2002

Meu!!!
Puta que los pariu!!!
Essa mina que me arranjaram é a pessoa mais chata da face da terra, de todos os tempos, em todo o universo.
Por que tem gente que não sabe ficar na sua? Que não sabe simplesmente cumprir com sua obrigação e deixar os outros cumprirem a sua em paz? Ô povinho que merece tomar duas voadoras logo ao despertar, viu?
Puta merda.
Stimpy cria seu primeiro joguinho em flash e eu descubro que sou um fiasco em embaixadinha.

sábado, setembro 21, 2002

Assisti "Vida Bandida" hoje. Muito legal!! Muito, muuuuuuuuuito legal. Dá uma puta inveja da Cate Blanchet, que está linda no filme. E até estou gostando mais do Billy Bob Tornthon.
Estou conseguindo superar a ressaca. Hoje não senti nada além de sono. Estou ficando pró, o objetivo agora é continuar testando meus limites...
Ontem foi ótimo. Meio climinha de despedida já e uma certa nostalgia. Graças a Luciana Etzel tenho uma cena horrorosa envolvendo uma improvável dominatrix na mente,que vai me perseguir por dias e dias, talvez anos. Fiquei bem feliz de estar ali no bar com meus amigos, só com pessoas das quais eu realmente gosto muito. Fiquei feliz por elas simplesmente terem ido até lá. Talvez seja meio idiota isso, mas sei lá, ando numa fase carente e melodramática, precisando mesmo de todos os meus amigos por perto. O Rafa, muito fofo, que pegou busão naquela chuva horrorosa, a Casé que teve um dia horrível e ainda assim foi pra lá depois... Egocêntrico? Talvez, mas me fez um bem danado tudo isso!
Tá bom, tá bom. Não vou mais ser piegas. Pronto, parei.

quinta-feira, setembro 19, 2002

Ah sim.
Continuo sem lentes de contato, mas comprei ingressos pro show do Red Hot!!
Quero esclarecer que só voltei porque até o Maluf me pediu. Se não fosse por ele, eu não voltava.
Mentira, voltava sim porque tava um saco eu cheia de coisas engraçadas pra dizer e tendo que me segurar só para manter minha fama de má. Não que eu vá lembrar das coisas engraçadas agora, mas quero ter a liberdade de poder dizê-las.
O que é a fidelidade, não? Que coisa bonita que é a fidelidade. Uma semana inteira sem blogar e meus page views não caíram nem um pouco.
Ah, então tá vai. Pau no cu do layout rosa.
Coisas boas acontecem quando a gente menos espera. Estou bem feliz.
Pra comemorar. os testes que são a minha cara e só vêm confirmar o que todo mundo já sabia:



Que coisa tosca você é?





Quanto tosco você é?

terça-feira, setembro 17, 2002

Tá bom.
Se uma alma boa fizer um novo template para mim, eu volto. Até porque, aconteceram coisa in-crí-veis.

quinta-feira, setembro 12, 2002

E quer saber? Acho que não vou blogar mais não. Enchi o saco de só ficar reclamando da vida. Não é de nada disso que eu quero lembrar mais pra frente, se eu voltar a ler isso. Tá tudo muito chato, a vida tá uma merda mesmo e eu tou cansada de ficar repetindo isso aqui todo dia. Quero que a maioria das pessoas que eu conheço vá pro inferno (a minoria, que eu não quero que vá pro inferno, sabe bem quem é. E se não sabe devia saber), quero que o corporativismo fedido se exploda, não quero mais ter que ser hipócrita para preservar a boa convivência, não quero mais achar que nove horas é cedo, não quero mais ter que comer correndo, não quero mais ficar com bolotas de catarro entaladas na garganta de tanto ódio, não quero mais sentir a dor de cabeça que estou sentindo agora. Chega.
Além disso, esse layout ridículo já estava me irritando.
Então, pra quem fica, tchau.
Olha, eu ia falar um monte de coisa.
Mas nem vale a pena. Tem gente que é tão catarrinho que nem vale a pena.

quarta-feira, setembro 11, 2002

"A cerveja e a cachaça são os piores inimigos do homem. Mas o homem que foge dos seus inimigos é um covarde." - Zeca Pagodinho

terça-feira, setembro 10, 2002

Um negócio extremamente útil nos dias de hoje. Consulte djá.
O Joselito, do Hermes e Renato, é bem engraçado. Porque ele é o exagero, ele é o cúmulo, ele é o que ninguém quer por perto. E a gente ri porque ele está lá na televisão e não do lado da gente. E o que fazer quando vc tem um verdadeiro Joselito por perto? Um exemplar puro da espécie? Bom, aí nóis sofre, já que não dá pra fazer mais nada.
Mas quando você é obrigado a conviver com DOIS, veja bem, DOOOOOOOOOOIS Joselitos diariamente, aí é motivo para suicídio com justíssima causa. Lavi disse uma vez que Joselito que é Joselito nem desconfia do que é. Pois eu já acho que ele é Joselito porque gosta.
Antes que me perguntem, sim, eu chorei copiosamente no reencontro do Tony com o Genaro.
Inferno.
Não vou nem mais dizer que esse mundo está perdido, que já perdeu a graça. Sabe quem me ligou indagorinha? O filho da puta do Paulo Maluf, sim aquele velho broxa desgraçado (meu primo trabalha no Hospital do Câncer e me contou que sim, ele é total broxa há mais de dez anos.). Ah, tio, faz favor e vai dar sua bunda gorda e peluda pra Rota na rua.
Filho da puta.

segunda-feira, setembro 09, 2002

Rafa, vc detona.
Obrigada, obrigada, obrigada.
Aaaaaaaaaargh!!!
Ressaca braaaaba. Meu corpo todo dói, meu estômago grita por piedade, minha cabeça ainda pulsa. Dor, muita dor.
Sexta enchi a cara de pinga de cravo com o Gu e não sei nem como voltei pra casa.
Sábado foi o casamento da Lu Neri. Depois de passar o dia na funça cabeleireirística, de tomar banho gelado (o chuveiro queimou) e de encontrar um sapato fino que não me fizesse urrar de dor, enchi a lata como a mais bagaceira das candangas. Mas foi ótimo, galera da firma engraçada como sempre, dancei horrores (foi o primeiro casamento que tocou músicas legais), perdi os óculos (mas depois achei), caí na pista de dança (mas todo mundo caiu). O buquê passou isso aqui pertinho da minha mão. Mas não peguei. Droga.
Só que agora não sei como vou aguentar passar o dia todo com essa dor. Aaaaaaaaaaargh.

sexta-feira, setembro 06, 2002

quinta-feira, setembro 05, 2002

Vai chegando sexta-feira e vai batendo aquela vontadinha de enfiar o pé na jaca di cum força.
ê laiá.
Que dúvida. Não sei se compro lentes de contato ou um ingresso pro show do Red Hot.
Por que é que todas as pessoas chatas não se mudam para o país dos chatos e ficam lá se estorvando uns aos outros? Assim todos ficaríamos bastante felizes. Que saco. Odeio gente chata. Odeio.

terça-feira, setembro 03, 2002

O sonho da minha vida é colocar a música "É uma Partida de Futebol", do Skank, como campainha do meu celular.
Ela me leva às lágrimas. E isso é muito sério.
Na falta de assunto, vai uma piada besta:

Uma mulher procura um médico, porque está preocupada com as rugas, e ouve o médico falar: - Eu tenho um tratamento revolucionário pra acabar com suas rugas. Eu coloco um parafuso no topo da sua cabeça, escondido no couro cabeludo. Aí, toda vez que você ver rugas aparecendo, basta dar um pequeno giro no parafuso que sua pele é puxada pra cima e as rugas desaparecem. Quer experimentar esse tratamento?
- Claro, doutor! Isso é o máximo!
Seis meses depois, a mulher volta para uma consulta: - Doutor, essa técnica do parafuso é ótima, mas apareceram essas bolsas horríveis embaixo dos meus olhos. O senhor devia ter me avisado desse efeito colateral!
- Minha senhora, essas bolsas embaixo dos olhos são seus peitos. E se a senhora não deixar esse parafuso quieto, em 15 dias, com certeza a senhora vai ter barba...
Gente, isso é tããão engraçado. Passei mal. E fiquei com um pouco de medo de ir pra Nova Zelândia.
Não importa quem ou por que mas... fi duma égua.

segunda-feira, setembro 02, 2002

Vc sabia:

- Que a Bruxa do 71 ganhava a vida no baixo meretrício?
- Que o verdadeiro nome da Chiquinha era Ramonilda?
- Que o Senhor Barriga tinha uma esposa?

Não? Saiba disso tudo e muito mais sobre o fantástico mundo de Chaves clicando aqui.
Lavi, mala e mané, no contexto abaixo, não são xingamentos. Não faça draminha que isso é feio.
Vou dizer outra coisa à vocês: Assistam "Cidade de Deus".
E mais não digo porque me falta tempo. Mas ainda falarei muito sobre este filme, um dos melhores que assisti.
Vou dizer uma coisa à vocês: não vão NUNCA à um campeonato de Karatê.
Coisa chata da porra.