sexta-feira, dezembro 04, 2009

Bode preto

Dizem que o homem é um ser social. Eu tenho cá minhas dúvidas. Ou talvez o homem seja, mas eu não sou. Odeio gente. Odeio lugar cheio, odeio aquelas pessoas que falam sem parar e emendam um assunto no outro e te chamam de “querida” ou por apelidinhos sendo que te conhecem há apenas dez minutos. Odeio gente que fala alto. Odeio gente de 30 anos que se comporta como se tivesse 16. Odeio gente de 16 anos que se comporta como se tivesse 16. Odeio mulher que só sabe falar de marido, filhos e sex shop. Odeio homem que só sabe falar de futebol e fórmula um. Odeio as pessoas que só tem Jesus no coração e não entendem sarcasmo. Odeio as que não assistem seriados. Odeio quem acha que o América é chique. Odeio quem me faz repetir 58 mil vezes que eu não tenho dinheiro. Odeio quem enche meu saco porque “você é tão quietinha”. Odeio gente que quer decidir pelos outros, quem não gosta de bichos e quem gosta da Suscha.

E quanto mais eu odeio a humanidade, mais eu gosto dos meus amigos, essa gente ruim, de coração preto e peludo que entende a piada. Se não fosse por eles, sei lá. Acho que eu fazia a Leila.

8 comentários:

Idiota disse...

Isso. Também odeio todo mundo. E odeio você!
(mentira)

Mandy disse...

É moça, atualmente odeio muita gente tambem... =/

duda lima disse...

o que seria da gente se não fossem os amigos?!

fa.pisetta disse...

hahahahahahaha essa sou eu. Odeio muito quem quer decidir pelos outros e quem não gosta de bichos.
Que prequiça que eu tenho das pessoas.

Tam disse...

se eu pudesse conviver só com os amigos...

seria um porre!
a quem eu ia odiar??

Lavi disse...

O melhor foi o ódio a quem acha o América chique, hahahaha. Quem acha isso merece ser odiado mesmo

Otávio Pacheco disse...

Querida, você precisa encontrar Jesus! Com fé em Deus o seu time ainda vai ganhar o campeonato, não fique tão estressada.

dima disse...

meu amor eterno a essa gente de coração preto e peludo que entende a piada!