segunda-feira, abril 19, 2010

Pontuação

Um aperto estranho no peito, o sono que não vem, a dificuldade em sorrir.Talvez seja a constatação do que já acabou faz tempo, ou talvez a frustração por não conseguir colocar um ponto final numa história quem insiste em reticências mesmo sem ter mais nada a dizer. Um capítulo igual ao outro.

Olho para todas as coisas tão cheias de significado e ao mesmo tempo tão vazias. O que tudo quis dizer? Será que alguém realmente errou ou só não era pra ser? Será que seria justo optar por apenas uma entre todas as coisas que nos são caras, será que é o certo dar peso pro nosso gostar?

Nunca consegui responder e ainda não sei. E me pergunto se todas as cores que eu achava que só eu via realmente existem ou foram só alucinação?

6 comentários:

Idiota disse...

Caramba.O mundo dos blogs vive o fim dos namoros. Tá, sou exagerada e o meu foi um relâmpago, mas vaaaárias blogueiras terminando esse ano.
Merda.

bjomeliga disse...

Broken Heart Inc. Welcome =(

Ludmila . disse...

Acho que o problemas das histórias é que terminam mesmo quando não queremos que acabem. E acreditamos que nunca é o momento, mesmo que seja ou mesmo que nada de bom possa advir da situação se ela se prolongasse.

Gostei do blog e do cachorro fofo ali de baixo.

Anônimo disse...

Para as perguntas sem respostas ainda existe a chance... basta ir atras! Agora, para aquelas perguntas que já foram declaradas, por mais que você não entenda, ou não queira aceitá-las, é um fato. Então caminhe em busca de outras histórias de outros amores de outras lembranças, enfim, da sua e só sua felicidade.

Momento Descontrol disse...

ô Anônimo, mas eu vou sair caminhando assim sem nenhuma placa de sinalização? E se eu me perder no caminho?

Anônimo disse...

As placas de sinalização ta aí bem na sua frente, basta querer enxergar! O caminho é unico e a direção é a frente, deixe o passado pra trás, a vida não volta e nem paraliza no que é hoje... Somente sobre o dia de amanhã vc tem o poder de fazer algo diferente.
Abraços!