terça-feira, agosto 03, 2010

Lágrimas escassas

Eu queria, de todo o meu coração, ser do tipo que se emociona e chora lendo coisas inteligentes e profundas, como Virginia Woolf ou Silvia Plath. Ou, sei lá, vendo o filme da Bjork, aquele um que é tanta desgraça que todo mundo chora e fica pensando em suicídio depois.

Mas não. Eu sou do tipo que chora no metrô e se emociona e perde o sono por causa de Férias!

Bons tempos aqueles em que eu fazia força pra ser inteligente.

6 comentários:

Loo disse...

eu choro com final de novela

paula disse...

hahaha!
como boa brasileira prestadora de serviços, sou um ser humano sem férias remuneradas desde 2002... e acho que esse ano conseguirei, depois de longos 8 anos, férias como manda a CLT novamente...

* preciso dizer que vou chorar como vc???

=)

Chu disse...

Su, ontem fui assistir "Brilho de uma paixão", sobre a paixão do John Keats e da Fanny Brawne. Enquanto estava toda a punhetação de poeminha pra cá e declaraçãozinha pra lá, estava com pregs. Quando começou a navela da tuberculose dele x amor dos dois, aí sim! Chorei pra cacete.

Não tem jeito, não nasci pra me emocionar com coisas profundas. Acabo ficando irritada pelo drama todo.

Dani disse...

Rachel's Holiday... chorei tb, claro.

Tatuscula disse...

Ri , chorei e me emocionei com Férias! e com todos os outros de Marian Keyes.

Férias! e Los Angeles foram os melhores. Tbem tenho:

-Melancia
-Sushi
-Casório
-É agora ou nunca
-Um Bestseller prá chamar de meu
-Tem alguém aí?

Suzana disse...

nossa, vc tem todos!! Que inveja!